Dores e desconfortos no estômago

Dores e desconfortos no estômago são sinais e sintomas desencadeados por gastrites e ulceras gástricas.

O estômago possui em suas paredes um muco protetor, e sua falta pode levar a uma inflamação do órgão, gerando diversos desconfortos estomacais como: sensação de queimação, empachamento, dores, refluxo, etc.

A fala desse muco faz surgir diversas as doenças de estômago, como gastrite e ulceras gástricas. No entanto, uma boa alimentação pode ajudar a evitar esse processo, já que ela está diretamente envolvida com a proteção do estômago.

Aqui estão algumas dicas do Instituto RV para evitar desconfortos no estômago:

1- Não fique mais de 3 horas sem comer. Jejuns prolongados fazem com que a produção de acidez aumente, e consequentemente, a queimação;

2- Evite alimentos gordurosos, frituras e carnes vermelhas em excesso, pois eles levam mais tempo para serem digeridos, causando desconfortos no estômago como empachamento e má digestão;

3- Evite café e alimentos com cafeína, pois são irritantes de mucosa gástrica. Dê preferência a chás de ervas, como alecrim, hortelã e chá verde, que contribuem para produção de enzimas digestivas, melhorando a digestão;

4- Aumente o consumo de frutas, verduras e legumes, alimentos ricos em nutrientes e fitoquímicos, que contribuem para cicatrização do estômago e produção de muco. O abacaxi e mamão são frutas que possuem enzimas digestivas em sua composição, ajudando na digestão. Consuma uma porção de uma dessas frutas após o almoço e jantar;

5- Não beba líquidos durante as refeições. Os líquidos diluem o suco gástrico, deixando a digestão mais lenta, prejudicando o estômago.

6- Evite alimentos industrializados, com corantes e conservantes, refrigerantes e açúcar. Esses alimentos possuem aditivos químicos que inflamam as paredes do estômago;

7- Tempere as saladas com gotas de limão ou vinagre, gengibre e ervas como salsinha, tomilho e alecrim. Esses alimentos também contribuem para a digestão dos alimentos.

Sente desconfortos no estômago? Reavalie sua alimentação e atente-se aos principais sinais, como língua branca e arrotos.

Alimentos que podem ajudar na recuperação da mucosa digestivas:

– glutamina

– própolis

– minerais como zinco e magnésio

– a couve manteiga cozida, que possui uma substância chamada inositol, que diminui a irritação e promove a regeneração da mucosa gástrica

– limão – mesmo ácido, ele auxilia no controle de acidez

– alecrim

– hortelã

– espinheira santa

– aloe vera

 

Sente dores frequentes no estômago? Entre em contato com o Instituto RV e agende sua consulta!

 

Links Relacionados: alimentação saudável, blog nutrição

18 comentários sobre “Dores e desconfortos no estômago

  • Otimo esse seu ensinamento já estou a um tempo com esse desconforto pode ser até suportável porém e ruim me deixa com uma sensação de querer vomitar. Vocês têm médicos aqui na cidade de Belém do Pará?

    • Efrain, bom dia.

      Atendemos apenas em Sãp Paulo. Mas procure algum Nutricionista Funcional ai na sua região. Com certeza ele vai poder te ajudar!!

  • Passei a sentir essas sensações estranhas agora a pouco e logo desconfiei da má alimentação. Os sintomas são horríveis e se não passar, vou procurar um médico ainda hoje. Acredito que as informações aqui descritas neste site, vão me ajudar e muito. Obg pelas informações.

  • Estou com medo de comer simmmm tudo q como para no estômago e parece que i ele incha não sinto dores só desconforto o que posso fazer em casa sem procurar um médico conheço as dietas q tenho q fazer?

    • Gilsseia, bom dia e obrigado pelo contato.

      Ter essa sensação de inchaço não é normal. Sem uma avaliação fica impossível saber qual dieta seria indicado para você. O ideal é passar mesmo com algum profissional para poder dar a orientação correta. Caso contrário, a chance de errar na orientação é muito grande!

  • Há pelo menos 3 anos, senti o primeiro desconforto estomacal, como se tivesse comido muito, desde este dia só piorou, não pude comer mais nada pesado, carne, pimenta, arroz, tudo me fazia mal, fui ao gastro, fizemos endoscopia, gastrite e esofago de barrett. Passou a medicação, tomei, melhorou, de uns 4 dias para cá, cada dia me sinto pior, sem poder comer nada, almoço sempre um caldo, nada pesado, a tarde como algo leve, mesmo assim, fico impossibilitado de dormir, pois o desconforto é constante e forte.

    • Nossa eu to desse jeito tbm só não fiz a endoscopia ainda ,mais eu não consigo dormi com desconforto no estomago ,as vezes quero dormi mais o desconforto não deixa tomo chá to tentando mudar minha rotina em comer caminhar mais mesmo assim ta dificil,tenho ate medo pq sempre fui nervosa e Olha que só nova demais …

      • Larissa, procure fazer a endoscopia e passar com uma nutricionista funcional que ela certamente irá ajudar. Nesses casos, as mudanças de hábito são fundamentais!!

        Att, Equipe RV

  • Meu pai teve câncer de estomago e não tinha azia e nem queimação. Só dificuldade para evacuar. O estômago é traissoeiro.. os sintomas de arroto e dificuldade para engolir só aparecem com a doença avançada.

    • Andy, bom dia.

      A dificuldade para evacuar é muitas vezes negligenciada pelos pacientes mas é um importante sinal de que há algo errado no funcionamento normal do organismo. A dificuldade de engolir e arrotos constantes não são sinais exclusivos de câncer. Todas as alterações devem ser investigadas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *