Máteria: Alimentos que podem combater o estresse.

Máteria publicada do Jornal Zero Hora de Porto Alegre , que utilizou como fonte Dra. Karin Paciulo do Instituto RV.

Veja alimentos que podem combater o estresse

Cereais, castanhas, abacate e cacau podem ser consumidos para reduzir o nervosismo e a preocupação

Veja alimentos que podem combater o estresse Divulgação/Ver Descrição

Foto: Divulgação / Ver Descrição

Alguns alimentos podem ser importantes alidos no combate ao estresse. Segundo a nutricionista Karin Paciulo, entre os heróis de uma alimentação antiestresse estão os cereais integrais, as castanhas, o abacate e o cacau.

No caso dos cereais integrais – pães, arroz, aveia e quinoa –, o segredo está na grande fonte de fibras e vitaminas do complexo B, que fornecem a energia necessária ao organismo, fazendo com que a glicose, derivada dos carboidratos, seja absorvida mais lentamente e mantendo a atividade cerebral por mais tempo.

— As vitaminas do complexo B ajudam a diminuir o estresse mental por excesso de trabalho ou estudo, e, como as pessoas em estado de estresse podem ter alterações intestinais, as fibras também podem ajudar — explica Karin.

Já as castanhas oleaginosas, fonte de minerais, aminoácidos e gorduras de boa qualidade, além de dar energia, fornecem os nutrientes necessários para produção adequada de serotonina e dopamina, melhorando a sensação de bem-estar e relaxamento.

Grande fonte de gordura poliinsaturada e vitamina E, além de funcionar como antioxidante para os radicas livres produzidos em situações de estresse, oabacate contém uma substância chamada beta sitosterol, que contribui para modular o cortisol produzido em situações de estresse. Ou seja, ótima opção para recarregar as energias.

Outra boa dica é não pular refeições. Comer a cada 3 horas também contribui para a modulação do cortisol, hormônio pró-inflamatório liberado nessas situações. Incluir chás de ervas calmantes, que aliviam a ansiedade e irritabilidade, também é uma boa pedida. Camomila, melissa e passiflora são ótimas plantas. Consuma frutas variadas, fontes de vitamina C, betacaroteno e flavonoides. Esses antioxidantes protegem o organismo dos radicais livres do estresse.

O cacau também pode ser um aliado. O magnésio, a teobromina e o triptofano, presentes nesse alimento, melhoram a produção de serotonina no cérebro, reduzindo a ansiedade e melhorando o humor. Além disso, as substâncias antioxidantes do cacau combatem os radicais livres. Mas atenção: os melhores chocolates para ser ingeridos nessas situações são os de maior nível de cacau. Opte por um com 50% ou mais de cacau em sua formulação.

E para melhorar a qualidade do seu sono, pratique exercícios. Durante a atividade física, o cérebro produz endorfina (um relaxante natural para o corpo) e serotonina. Ambos melhoram a sensação de bem estar e relaxamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *