Como identificar a dor no ciático

A dor no ciático, também conhecida como ciatalgia, é uma patologia comum e, para a tranquilidade de quem é acometido por ela, o tratamento conservador tem ótimos resultados desde que sua origem seja tratada.

Geralmente, a dor no ciático é causada por pinçamento do disco no nervo ou por uma inflamação no trajeto do nervo. Mas como identificar se o que você está sentindo é realmente dor no ciático?

Atente-se a essas características:

– geralmente, a dor está localizada em um lado só do corpo

– dor intermitente nas costas, nádegas, quadril e/ou perna, com possibilidade de chegar até os pés

– dormência e fraqueza temporária (nesse caso, é necessário buscar tratamento rapidamente)

– pode ou não apresentar sensação de pontada ou choque

– perda de sensibilidade na região

– sensação de queimação ou aquecimento

– sensação de formigamento

– melhora da dor ao sentar-se com o joelho dobrado, e piora ao esticá-lo quando sentado.

Esses são os sintomas principais, mais lembre-se: eles podem variar. Em caso de dúvidas, procure um fisioterapeuta de confiança.

É importante lembrar que atividades esportivas não são indicadas nos momentos de crise de dor no ciático, e que apesar de tentador, o alongamento, na maioria dos casos, é contra indicado.

Para tratar dores como a do ciático, o Instituto RV desenvolveu o RCV – Reequilíbrio da Coluna Vertebral, um tratamento eficaz capaz de eliminar as dores e trazer alívio logo nas primeiras sessões. Não sofra mais com a dor no ciático! Agende já seu horário.

4 comentários sobre “Como identificar a dor no ciático

    • Rosa, bom dia.

      A dor nas pernas não ocorre somente pela inflamação do nervo ciático. Quando a dor se torna constante é sempre bom procurar um profissional para te ajudar e descobrir a origem da dor. Toda dor tem tratamento.

      Att, Equipe RV.

    • Lívia, bom dia.

      Não existe um exame de imagem específico para diagnosticar inflamação do ciático. O diagnóstico é clínico, feito através da avaliação e de testes clínicos feitos durante a consulta. Por isso é importante procurar profissionais que realizem os testes durante a consulta.

      Att, Equipe RV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *