Instituto RV utiliza técnicas internacionais no tratamento de coluna

Segundo OMS, 90% da população do planeta já teve ou terá dor na coluna

O problema de coluna afeta muitas pessoas, sejam elas idosas ou até mesmo crianças. Formada por 33 vértebras interligadas por ligamentos, músculos e discos interarticulares, a coluna vertebral é responsável por todos os movimentos, giros e inclinações do corpo. Além disso, é muito exigida para a locomoção, atividades físicas, levantamento de peso, puxar e empurrar objetos. Os resultados são dores na coluna, que em algumas vezes, tornam-se casos de cirurgias. Mas já existem tratamentos não cirúrgicos para coluna.

É com este propósito que o Instituto RV, especializado em fisioterapia ortopédica com foco no tratamento de coluna, desenvolve o tratamento de Reequilíbrio da Coluna Vertebral (RCV) indicado para pacientes que sofrem com dores agudas e crônicas. O tratamento mescla o regaste das terapias manuais, reconhecidas internacionalmente, com novas tecnologias; é composto por quatro fases: avaliação personalizada, terapia manual, descompressão e exercícios de estabilização segmentar, os quais melhoram a dinâmica da articulação, diminuem a atividade anormal do sistema neural envolvido e reestruturam a musculatura afetada pela dor e pela fraqueza muscular reequilibrando-a novamente.

O RCV é recomendado para hérnia de disco, dores cervicogenicas – dor de cabeça originada na cervical -, alterações articulares e musculares, protusão discal, alterações posturais, lombalgia, dor ciática, lordose, escoliose, espondilolistese, cifose, instabilidade vertebral, whiplash – lesões de chicote no pescoço -, o qual utiliza-se de técnicas de fisioterapia do mundo inteiro.

“Nos últimos meses o RCV vem obtendo sucesso em aproximadamente 90% dos casos com melhora total do quadro de dor. A melhora funcional do paciente nos mostra esse resultado, afinal realizamos movimentos combinados para verificar a limitação funcional, não somente a dor, mas também a funcionalidade dos movimentos”, esclarece Vinícius Paciulo, fisioterapeuta do Instituto RV.

Para melhor desempenho e sucesso no tratamento de RCV, o Instituto RV, utiliza-se de técnicas internacionais, as quais diferenciam o atendimento dos procedimentos convencionais utilizados na ma ioria das clínicas, além disso, desenvolvem a terapia manual, que engloba diversas técnicas com embasamento científico com grande eficácia, metodologia utilizada no sistema público de saúde, na Austrália.

Técnicas internacionais 

Conceito Maitland – tratamento de mobilização articular por meio de MICROmovimentos -; Movimento Combinado – técnica aplicada com conceitos básicos da mobilização articular com acréscimo da combinação de movimentos -; Mobilização Neural – tratamento em que o terapeuta por meio da descompressão ou desensibilização do nervo, alivia a dor do indivíduo; Técnicas Osteopáticas – tratamento rápido para alívio de dor manipulada pelo terapeuta por meio da Osteopatia ou Quiropraxia; o Conceito Mulligan – técnica de mobilização articular através de macromovimentos para ganhar de amplitude de movimento -; e o Conceito McConell – terapia manual com objetivo de promover o posicionamento funcional articular e tecidual ou de um segmento por meio de bandagens adesivas; são desenvolvidas para melhor aten der e proporcionar a reabilitação dos pacientes.

Os profissionais do Instituto RV são certificados pelo Manual Concepts Institute Of Australia. As técnicas aplicadas têm como foco resgatar o contato direto com o paciente e o desenvolvimento de tratamentos personalizados. Além disso, a equipe também mescla às técnicas, novas tecnologias como a maca de descompressão, equipamento importado e ainda muito raro em São Paulo.

Clique aqui e saiba mais sobre o RCV.

Fonte: Ato Z Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *