Lesões de menisco são a segunda causa mais comum na região do joelho.Saiba também um pouco mais sobre a condromalacia patelar.

Por Instituto RV- Rodrigo Garcia 

Lesões dos meniscos são a segunda lesão mais comum no joelho. Nos Estados Unidos, 10% a 20% de todas as cirurgias ortopédicas são cirurgia do menisco. A função de meniscos é distribuir o esforço através do joelho durante a sustentação de peso, proporcionando absorção de choque alem de servir como estabilizador articular secundário, facilitando o deslizamento articular, prevenindo

a hiperextensão protegendo as superfícies articulares.

Com base em estudos de artroscopias do joelho, a prevalência de patologias articulares da cartilagem é relatado em 60% a e 70% dos pacientes com lesão do Menisco.

A cartilagem articular funciona como um amortecedor resistindo a compressão exercida durante a movimentação. A lesão da cartilagem são resultados de trauma no joelho ou traumas repetitivos de baixa intensidade ocasionados por atividades que aumentam a sobrecarga do joelho, alterações posturais e biomecânicas dos membros inferiores e é claro um menisco lesionado que “pinça” a articulação durante o movimento. Na patela (condromalacia) a lesão da cartilagem na maioria das vezes ocorre pelo atrito exagerado da patela no fêmur causado por desequilíbrios musculares, rotações exageradas dos membros inferiores e alterações no posicionamento da patela.

Em muitos casos, dependendo do tamanho da lesão e localização da lesão do menisco o tratamento é cirúrgico mas em alguns casos o tratamento pode ser feito com fisioterapia.

Já as lesões articulares respondem melhor ao tratamento conservador e só são cirúrgicas nos casos mais graves onde o tratamento conservador foi ineficaz para promover a melhora da função e da dor.

Proposta de Tratamento:

– Analgesia com Compex Wirelles.

– Eletroestimulação com NMES vem mostrando em vários estudos grande capacidade de aumentar a força muscular do quadriceps em pacientes com lesões de cartilagem e menisco.

– Kinesio Taping utilizado para alivio de dor através do alinhamento patelar durante as atividades e proteção das estruturas adjacentes.

– Terapia manual para alivio da dor e melhora do movimento

– A cinesioterapia deve focar seus esforços no treinamento de força do quadríceps e isquiotibiais além de promover o aumento da resistência do quadríceps e estimular exercícios funcionais para os membros inferiores.

Links relacionados: Fisioterapia, Artrose de Joelho, Patelo Femural

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *