Pilates Clínico

19 de junho de 2016

“- Doutor, faço Pilates Clínico na academia para minha dor lombar.”

Qualquer fisioterapeuta que trabalha com pacientes portadores de disfunções na coluna já escutou, ao menos uma vez, a frase acima. Então a dúvida: é o mesmo tratamento?

Joseph Pilates, que não era médico, fisioterapeuta nem educador físico e foi o inventor do método. Alemão e percursor da técnica, J. Pilates era autodidata e, em 1920, começou a desenvolver exercícios por conta própria para autotratamento de sua asma e reumatismo juvenil.

A ideia era meio maluca: deixar a coluna reta!
Parece cabível, mas não é.

curvaturas1A coluna possui curvaturas fisiológica, visualizadas na imagem ao lado, são chamadas de cifoses e lordoses que nada mais são do que curvaturas necessárias para auxiliar na movimentação e distribuição de cargas impostas pelo nosso corpo durante o dia. A “retificação” dessas curvaturas é uma conduta não terapêutica. Mas o método que Joseph inventou, com mais de 500 exercícios, pode ser aproveitada. Como?

Simples. Você só consegue deixar uma coluna reta diminuindo sua curvatura, certo? E se esses exercícios fossem aplicados com quem tem a curvatura muito acentuada?

A ideia é maluca quando falamos de pessoas sem alterações ortopédicas, mas não para quem tem alterações posturais. Assim, as mesmas técnicas que serviriam para deixar a coluna reta podem ser adaptadas apenas para corrigir o aumento dessa curvatura. Logo, o genioso Joseph foi muito feliz com seus estudos e, de certa forma, “fez errado para dar certo”!

“E eu, que tenho minha coluna retinha? Não posso fazer os exercícios, então?”

Pode e deve, pois após a correção da postura existem as fases de manutenção, nas quais a musculatura será trabalhada de forma equilibrada, a fim de não voltar com a alteração postural.

Aí está a diferença do pilates aplicado em academias e o pilates aplicado em clínicas por fisioterapeutas. Um trabalha o condicionamento, e o outro trabalha correção e manutenção postural, alívio de dores, prevenção de lesões e também o condicionamento físico.

 

O fisioterapeuta corrigirá a alteração postural e fará a manutenção da mesma nas sessões de Pilates, alem de acrescentar exercícios específicos de prevenção de dor e técnicas de tratamento com ESV (estabilização segmentar vertebral) e Mckenzie.

O Instituto RV conta com um Studio Completo e as aulas são individuais ou em dupla para que a qualidade do atendimento seja garantida.

 

Continue lendo sobre as modalidades de Pilates do Instituto RV:

  • Pilates Clínico

    “- Doutor, faço pilates na academia para minha dor lombar.” Qualquer fisioterapeuta que trabalha com pacientes portadores de disfunções na coluna já escutou, ao menos uma vez, a frase acima. Então a dúvida: é o mesmo tratamento?…

    Saiba Mais
  • Pilates na Gravidez

    A gestação é uma das fases mais importante da vida de uma mulher. Gerar um ser humano, é muito mais complexo do que se imagina, pensando na fisiologia do corpo e de todas as funções que são modificadas pelo organismo em prol do feto.

    Saiba Mais
  • Pilates para saúde da mulher

    Nos tempos atuais com os efeitos nocivos de uma vida sedentária, correria e estresse físico e mental, é imprescindível você realizar uma atividade física não só para manter uma boa forma, mas também para manter uma mente saudável, com todos os seus benefícios o Pilates chega fazendo uma ponte entre esses dois pontos…

    Saiba Mais