Exercícios para dores nas costas

Fonte Instituto RV- Vinicius Paciulo

O conceito de desarranjo do disco da coluna vertebral está relacionado ao deslocamento de fragmentos ou do núcleo desse disco, gerando assim, algumas apresentações clinicas quando essa coluna é submetida a movimentos e as estratégias de cargas. Essa síndrome afeta aproximadamente 90% dos pacientes que apresentam dor de coluna vertebral. Inclui piora ou periferilização dos sintomas em resposta a determinadas posturas e movimentos. Inclui também a melhora do quadro quando encontramos uma direção de preferencia (Donelson et al 1991), que aliviam os sintomas e restauram as funções da coluna em resposta as estratégias de carga e movimentos executados de forma correta.

Alguns sinais e sintomas são encontrados em pessoas com a síndrome de desarranjo do disco da coluna;

– Padrão clinico variável;

– Dor começa de forma gradual ou subitamente;

– Inicio pode estar associado à incapacidade total das funções;

– Sinais e sintomas locais e irradiados para membros superiores ou inferiores;

– Dor pode mudar de um lado para o outro;

– Os sintomas de dor podem variar dependendo do movimento ou esforço durante atividades diárias;

– Posturas prolongadas podem agravar ou melhorar o quadro de dor irradiada;

– Pode apresentar temporariamente alteração da postura devido à dor.

Para determinar se o programa de exercícios está sendo eficaz, é importante observar atentamente toda e qualquer alteração na localização da dor. Se você em geral sentia a dor longe da coluna e ela migra para a linha media da coluna. É sinal que está se exercitando corretamente indicando um bom prognostico (Long 1995, sufka et al 1998, Werneke et al 2001)

Links relacionados: Tratamento para dor nas costas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *