Estudo da Jospt revista de maior credibilidade na área de ortopedia comprova a eficacia de tração mecânica e exercícios em pacientes, que apresentam dores em região da coluna cervical irradiada para os membros superiores

 

601925_477030975705664_1916605422_nDORES NO PESCOÇO E NOS BRAÇOS

Tração mecânica e exercícios apresentam-se como tratamentos efetivoTexto extraído do Jornal da Terapia Ortopédica e Esportes Físicos (JOSPT)

 

A condição chamada de radiculopatia cervical se desenvolve quando um nervo na região do pescoço fica irritado. Este tipo de problema no pescoço freqüentemente causa dor no pescoço, dores nos braços, e, às vezes, uma perda de sensibilidade ou diminuição da força nos braços. Se você tem radiculopatia cervical, você também pode sentir suas mãos um pouco mais desajeitadas ou descoordenadas. Os tratamentos para isso são feitos para diminuir a irritação ao redor do nervo afetado no seu pescoço. Fisioterapeutas frequentemente usam uma combinação de exercícios e de tração para reduzir a dor e melhorar a função.

Existem 2 tipos de tração: mecânicas e sobre a porta. Tração mecânica é aplicada ao pescoço em uma clínica de fisioterapia, onde o paciente fica de costas e uma máquina estica suavemente o pescoço para diminuir a pressão sobre o nervo irritado. Já a força sobre a porta é realizada com o paciente sentado, com um sistema de pesos e roldanas ligadas a uma porta, que é usado para alongar progressivamente o pescoço. Um relatório de pesquisa publicado na edição de fevereiro 2014 do JOSPT (Journal of Orthopaedic & Sports Physical Therapy) explora qual método de tração funciona melhor.

NOVOS INSIGHTS

Para este estudo, os pesquisadores trataram de 86 pacientes durante 4 semanas. Cerca de um terço dos pacientes recebeu somente exercícios, a um terço foram dados exercícios e tração mecânica, e o outro terço recebeu exercícios e tração sobre a porta. Além disso, todos os pacientes receberam exercícios destinados a fortalecer o pescoço e os músculos superiores das costas e foram instruídos a ficarem o mais ativo possível durante este período. Os resultados deste processo foram medidos depois de 4 semanas, 6 meses e 1 ano .

No final de 4 semanas, todos os pacientes sentiam-se melhores. No entanto, apenas os pacientes tratados com tração mecânica mantiveram suas melhorias 6 meses e 1 ano depois. Especificamente, os pacientes tratados com tração mecânica tiveram uma melhora de 20% na deficiência aos 6 meses e 1 ano. Os pacientes tratados com tração sobre a porta só tiveram uma melhora de 15% nesses mesmos momentos. Os pesquisadores concluíram que a combinação de exercícios e tração mecânica era mais eficiente em 6 meses e 1 ano do que o tratamento que combinava exercícios e tração sobre a porta ou exercício sem tração.

CONSELHOS PRÁTICOS

Os pacientes com radiculopatia cervical podem ser beneficiados a partir de um programa de fisioterapia que inclui tração mecânica e exercícios. Os principais benefícios são menos dor e melhor capacidade para realizar atividades diárias. Embora este tratamento tenha sido muito bem sucedido para este grupo específico de pacientes com dor pescoço e nos braços, pode não ser efetivo ou mesmo adequado para todos os pacientes com dor na região do pescoço. Seu fisioterapeuta pode realizar uma avaliação completa para ajudar a determinar se você é um bom candidato para este tratamento. Para mais informações sobre tratamento para dor pescoço e dores nos braços, entre em contato com um fisioterapeuta especializado em lesões músculo-esqueléticas.

Por este e outros assuntos, visite o JOSPT em www.jospt.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *