Incontinência urinária e dores de coluna.

Existe relação com entre esses problemas tão comuns, que afetam principalmente as mulheres?

A incontinência urinaria e uma perde involuntária de urina, que afeta principalmente as mulheres em muitas ocasiões o ato de espirrar, tossir ou realizar algum esforço gera os episódios de perda involuntária de urina durante as atividades do dia-a-dia são causadores de uma condição, que pode trazer sérias implicações médicas, sociais, psicológicas, e econômicas, afetando adversamente a qualidade de vida do indivíduo.

A disfunção dos músculos do assoalho pélvico, pode acarretar em alterações miccionais, fecais e sexuais, além disso, alguns estudos comprovam, que esses músculos desempenham um papel importante na estabilização da coluna vertebral principalmente no segmento lombopélvico, pois ajudam no controle da pressão intra-abdominal, portanto exercícios específicos, para os músculos do assoalho pélvico tem que fazer parte de um programa de tratamento para coluna vertebral tanto em homens quanto em mulheres.

Veja alguns músculos do assoalho pélvico:

– Pubococcígeo;
– Puborretal;
– Pubovaginal;
– Elevador da próstata;
– Ílio coccígeo.

O retreinamento dos músculos do assoalho pélvico associado a técnicas, que restaure a postura e padrão de movimento lombopelvico, podem auxiliar de forma indireta na cognição de músculos estabilizadores locais da coluna como o transverso do abdome e multifidus. Portanto o bom alinhamento lombopelvio interfere de forma direta na postura estática e dinâmica da coluna vertebral.

Links relacionados: Músculos profundos,dores da coluna, incontinência urinaria 

Incontinência urinária e dores de coluna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo