Elisabete Betarello

Meu nome é Elisabete Betarello. Há dois anos eu sofria muito com dores na coluna, no começo achava que seria um mau jeito ou uma noite mal dormida.

Mas as dores começaram a aumentar e comecei a me preocupar. Então, procurei logo um ortopedista e comecei a fazer “o tratamento”, com muita fisioterapia e anti-inflamatórios (vários). Nos 15 primeiros dias a dor melhorava, mas depois elas voltavam cada vez mais fortes. Comecei a ficar de cama de sete a quinze dias sem mexer o corpo, só a cabeça e braços, pois as dores eram muito fortes.

Foi quando no ano passado (no mês de outubro) que piorei, e então resolvi por conta procurar um neurocirurgião. Ele me pediu uma ressonância e voltei para o diagnóstico. Foi constatado que no final da minha coluna eu tinha pouca cartilagem entre uma vértebra e outra.

Fui submetida a uma cirurgia, a Radiculotomia Lombar, uma nova técnica muita boa, pois no momento do procedimento você fica o tempo todo acordada e o médico perguntando se está sentindo dor ou qualquer outro incômodo.

Para mim foi um milagre, pois já saí do centro cirúrgico praticamente sem dor.

Após dois meses de repouso, a minha recuperação começou de verdade com a fisioterapia na clínica Afrat, no Tatuapé.
Depois de 20 sessões, fui orientada a procurar o Instituto RV, voltado para tratamento da coluna, e lá comecei o fortalecimento dos músculos. Comecei a fazer exercícios especiais para fortalecer a musculatura do abdômen, com duração de cerca de seis semanas, e já tenho a minha rotina normal. Os profissionais do Instituto RV (principalmente Vinícius, Rodrigo e Caio) são muito bons, atenciosos e pacientes.

A fisioterapia é com uns dos profissionais o tempo ao meu lado, ensinando a utilizar a musculatura certa.

Sei que o procedimento que fiz foi muito bom, mas se eu não tivesse contado com profissionais de qualidade a minha recuperação com certeza não seria boa, por isso indico o Instituto RV.

Todo médico, seja neuro ou ortopedista, deveria ter uma parceria com o Instituto RV, pois hoje em dia, com os problemas cada vez maiores de coluna, seja um adulto ou jovem, precisamos de um lugar de confiança e qualidade, com um tratamento no qual realmente conseguimos ver a melhora do problema a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo