Capsulite Adesiva do Ombro

Uma definição descrita por Earl Codman em 1934 mostra a complexidade sobre a Capsulite Adesiva do Ombro:

“Esse é um grupo de casos que é difícil de definir, difícil de tratar e difícil de explicar sob o ponto de vista da patologia”.

capsulite-adesiva-do-ombro

De origem pouco conhecida, a Capsulite Adesiva do ombro se caracteriza por alteração na cápsula articular (tecido que envolve a articulação) que se encontra espessada, inelástica que se fragmenta facilmente. Ocorre fibrose o volume da articulação fica diminuindo. há uma perca grande da capacidade de movimentação do ombro, um congelamento e por isso muitas vezes essa patologia é chamada de ombro congelado.

É consenso que o diagnóstico precoce e a prevenção (mobilidade passiva imediata após trauma ou cirurgia do membro superior) é a melhor forma de tratamento para essa patologia onde os objetivos são alivio da dor e restauração e manutenção da ampla mobilidade do ombro.

Cinesioterapia com ênfase em alongamento capsular e técnicas de mobilização articular parecem serem as mais indicadas para a melhora do quadro de dor e da diminuição da amplitude de movimento.

Proposta de Tratamento do Instituto RV:

  • Analgesia com Compex Wirelles e Agulhamento a Seco
  • Terapia Manual para liberação miofáscial e articular para ganho da amplitude de movimento
  • Kinesio Taping
  • Exercícios específicos para abolição dos sintomas
  • Exercícios proprioceptivos para restauração da função e retorno as atividades

No Instituto RV as sessões de fisioterapia são feitas individualmente o que aumenta a eficácia do tratamento e reduz o número de sessões.

 

Continue lendo as patologias ortopédicas mais comuns:

Rolar para o topo