Quiropraxia x RCV: Qual tratamento eu preciso?

É recorrente no consultório do Instituto RV paciente perguntando sobre Quiropraxia, seja para saber se trabalhamos com essa técnica, ou se é indicada para o caso dele.

O maior erro da fisioterapia nas últimas décadas foi a tentativa de encontrar a técnica ideal para tratar a dor lombar. Por anos e anos a ciência buscou algo que tratasse todos os pacientes. Essa tentativa falhou, e não foi possível encontrar uma técnica que fosse consenso e bom para todos.

Isso já responde parcialmente o título desse texto. A quiropraxia não tratará todas as dores, talvez só algumas delas.

Por isso, aqui no Instituro RV, fazemos uma avaliação antes de definir qual será o tratamento de coluna indicado para cada situação. 

O que é Quiropraxia?

O termo Quiropraxia deriva de duas raízes gregas: “Quiro” (mãos) e “Praxis” (praticar), ou seja, “praticar com as mãos”. Quiropraxia é uma forma de medicina alternativa para o diagnóstico e tratamento de condições do sistema músculo-esquelético, principalmente da coluna vertebral.

RCV x Quiropraxia

A ciência atual defende que técnicas de manipulação (osteopatia, quiropraxia entre outras) são mais indicadas para indivíduos com dor há pouco tempo (duas semanas aproximadamente) e sem repercussão neural (sem dor irradiada). Portanto, segundo a ciência, se o paciente tem dor há mais de duas semanas e/ou a dor irradia para os membros inferiores essas técnicas de manipulação não ajudariam muito.

O que é o RCV – Reequilíbrio da Coluna Vertebral?

O RCV – Reequilíbrio da Coluna Vertebral – é um método de avaliação e tratamento elaborada pelo Instituto RV, e não uma técnica somente. Dentro do RCV usamos métodos de avaliação e tratamento das principais técnicas de fisioterapia reconhecidas pela ciência. Resumindo, quando o paciente procura o Instituto RV ele passa por uma avaliação com o fisioterapeuta que vai, numa entrevista, investigar características, história, localização, provocação e perfil da dor do indivíduo, podendo assim escolher mais precisamente qual abordagem o indivíduo vai receber, podendo ser, sim, técnicas de manipulação, ou qualquer outra que seja mais indicada para o indivíduo.

O índice de sucesso nos tratamentos de RCV é de 90%, e não há necessidade de encaminhamento médico. Além disso, o RCV é um tratamento rápido e dificilmente excede 10 sessões.

Principais Indicações para o RCV:

  • Hérnias de disco lombar e cervical
  • Cervicalgias
  • Lombalgias
  • Ciatalgias
  • Desequilíbrios físicos, orgânicos e do sistema nervoso central oriundos de fatores externos (postura inadequada, excesso de esforço, esforços repetitivos, estresse, desequilíbrios emocionais, etc)
  • Remoção da compressão nos nervos espinhais
  • Ajuda na recuperação da capacidade de transmissão dos impulsos nervosos do sistema nervoso central para tecidos e órgãos do corpo, modulando a dor.

Agende agora sua avaliação no Instituto RV e tenha acesso a um tratamento de coluna adequado para resolver sua dor nas costas.

São 6 unidades de atendimento em São Paulo:

Santana, Tatuapé, Moema, Perdizes, Morumbi e Saúde – Ipiranga.

Quiropraxia x RCV: Qual tratamento eu preciso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo