Suzi Quiota

O início de 2009 foi marcado por acontecimentos muito tristes em minha vida. Em janeiro, tive uma séria crise em minha coluna, que tempos depois vim a saber que tinham sido causadas pelo rompimento de alguns ligamentos, diagnosticada como hérnia de disco.

Qualquer movimento me gerava uma dor insuportável, mas por receio de me prejudicar no trabalho, fui me apoiando num guarda-chuvas para que a segurança da empresa não desconfiasse que eu estava com uma lesão, o que me levaria a ser afastada.

E para aumentar meu sofrimento, ainda vim a perder minha mãe uma semana depois do incidente. A dor emocional somou-se à dor física.

E foi neste cenário que a clínica entrou na minha vida e começou a mudar o rumo dessa história. Lembro-me que cheguei torta como uma senhora de muita idade na clínica e estava desesperança de me ver recuperada em pouco tempo. Após atendimento médico, fui encaminhada para o fisioterapeuta Vinicius, que me atendeu e explicou que me aplicaria, em conjunto com a fisioterapia, uma técnica nova chamada Maitland. No início estava cética porque não acreditei que manobras tão suaves poderiam dar resultado. E qual não foi minha surpresa, quando em apenas 10 sessões, eu estava novamente reta e caminhando quase que normalmente.

Fiquei muito aliviada, mas sabia que para escapar de uma possível cirurgia e voltar a ter qualidade de vida, ainda precisaria dar continuidade ao tratamento. Fui, então, encaminhada para o RPG e pouco tempo depois, já apta a ganhar condicionamento físico, iniciei as aulas de Pilates com acompanhamento de fisioterapeutas . Os resultados foram incríveis.

Hoje, levo uma vida normal: trabalho, viajo, faço exercícios físicos e às vezes até esqueço que tenho um problema na coluna. Isso tudo foi possível não somente pelo grande profissionalismo e competência da equipe, mas também pelo calor humano, a atenção das pessoas que me acolheram naqueles momentos difíceis e que, sem dúvida, fizeram toda a diferença e foram determinantes para minha rápida recuperação.

Fica aqui meu agradecimento à equipe médica e aos fisioterapeutas Vinícius, Maira, Renatinha, Rodrigo, Guilherme e Elaine, por todo o carinho e atenção que me dispensaram.

Suzi Quiota, 41 anos, analista de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo