São Paulo
(11) 2091-1267
Demais Localidades
0800-494-8888

Destrave-se! a vida esta no movimento.

Dor no Nervo Ciático

A dor no nervo ciático (chamada de ciatalgia) acomete milhares de pessoas todos os anos. A boa notícia é que os tratamentos estão cada vez mais eficazes!

A dor no nervo ciático geralmente começa com o pinçamento de alguma estrutura da coluna sobre a raiz do nervo – ou até mesmo por uma inflamação ou dano em algum ponto do percurso realizado pelo nervo. Também é comum encontrarmos pacientes com Hérnia de Disco que comprime o ciático, resultando em uma dor ciática que irradia para o membro inferior.

Na maioria das vezes, a dor está relacionada a alterações mecânicas (de movimento) e/ou estruturais, que podem ser facilmente tratadas com tratamento fisioterapêutico específico. 

Também é comum que a dor ciática apareça alguns meses após o paciente realizar cirurgia ou ter tido dor lombar forte, que se estabilizou. Isso acontece, muitas vezes, devido à diminuição de movimento no pós operatório, que, por consequência, diminui a elasticidade do nervo ciático e gera dor com seu estiramento. 

Nervo ciático

Sintomas e Diagnóstico do Nervo Ciático

Os sintomas geralmente são:

  • Intermitentes e unilaterais (na parte posterior da coxa e da perna)
  • Pode haver perda de força e sensibilidade
  • Atividades, como sentar com a perna esticada, andar ou flexionar a coluna, podem aumentar o quadro de dor.

O fisioterapeuta pode diagnosticar a ciatalgia e na maioria dos casos não é necessário realizar exames de imagem como raio x e ressonância magnética para concluir o diagnóstico, o teste clínico já é suficiente.

Tratamento Nervo Ciático

O tratamento para dor no ciático é basicamente conservador e medicamentoso. Quando bem executado, pode eliminar a dor e restaurar toda a função do paciente, que poderá voltar a suas atividades ocupacionais e esportivas sem restrições. 

No Instituto RV, utilizamos o exclusivo programa de tratamento RCV – Reequilíbrio da Coluna Vertebral que é baseado na mundialmente conhecida “classificação de subgrupos” que enquadra os pacientes em grupos de acordo com suas características clinicas e sintomáticas.  Um paciente com dor ciática pode pertencer a qualquer um desses e uma vez enquadrado em um sub-grupo, o fisioterapeuta sabe exatamente qual técnica de tratamento é mais eficaz para aquele caso.

Os sub-grupos são submetidos basicamente a 4 modalidades terapêuticas:

  • Exercícios específicos (MDT*)
  • Exercícios de estabilização lombar
  • Mobilizações vertebrais
  • Maca de flexo-distração eletrônica

A Maca de Flexo-Distração utilizada pelo Instituto RV possibilita realizar diversos procedimentos, como tração, mobilizações e manipulações, além de ser ajustável a várias posições, dinâmicas e estáticas.

  • Diminuir a compressão sobre as raízes nervosas, aliviando a dor ciática causada por pinçamento;
  • Aumentar o espaço intervertebral, melhorando a circulação local (essencial para diminuição da dor);
  • Melhorar a movimentação vertebral.

O RCV é utilizado desde 2010, com 90% de APROVAÇÃO!

Choquinhos, infravermelho e outros aparelhos são ineficazes no combate a dor!

Não alongue na Dor Ciática

Para qualquer trabalho de fisioterapia, busque uma clínica de confiança, pois os exercícios para alívio da dor no ciático devem ser específicos e bem prescritos, sob pena de prejudicar a lesão, aumentando a dor. Um exemplo disso é o alongamento, muito utilizado em programas de reabilitação e que são contraindicados nos caso de dor ciática pois diminuem o aporte sanguíneo no trajeto do nervo gerando mais dor. Saiba mais aqui.

Aproximadamente 90% dos pacientes com dor ciática melhoram através do tratamento específico.

Durante e no término do tratamento, o paciente deve ser orientado a tomar medidas preventivas para que a dor não volte, como realizar mudanças nos hábitos posturais, ocupacionais e esportivos.

Marque sua consulta em uma das Unidades do Instituto RV.