fbpx

Zumbido no ouvido. A fisioterapia pode ajudar?

Diversas são as causas do famoso zumbido no ouvido, algumas difíceis de identificar, outras não. Uma das causas desse problema são alterações na articulação temporomandibular (ATM) e os distúrbios temporomandibulrares (DTMs) associados.

É comum, na nossa prática clínica, pacientes relatarem dor na ATM e zumbido associado.

Zumbido

Entre o canal auditivo e a articulação da mandíbula tem uma ponte óssea extremamente estreita (menos de 5 milímetros). Portanto, qualquer alteração que ocorra na ATM essa ponte óssea pode ser comprimida, gerando o zumbido.

A solução do problema vai depender do que está ocasionando essa compressão, que pode ser desde um mau posicionamento da cabeça da mandíbula até um processo inflamatório nos músculos, ligamentos, disco e cápsula articular.

Um reposicionamento da articulação temporomandibular associado a exercícios de musculatura cervical local e mastigatória pode aliviar o zumbido.

No Instituto RV os fisioterapeutas estão preparados para avaliar a disfunções temporomandibulares (DTMs) e direcionar para o tratamento fisioterapêutico mais adequado para cada paciente, aliviando a dor, o zumbido, melhorando a mastigação e a amplitude de movimento.

Quer saber se seu zumbido tem solução?

É importante citar que muitos casos de suspeita de alterações na DTM – ATM são, na verdade, de origem cervical. O fisioterapeuta é o profissional mais habilitado para fazer essa diferenciação e prescrever o melhor tratamento.

O Instituto RV possui unidades em Moema, Perdizes, Tatuapé, Santana, Morumbi e Saúde – Ipiranga

Zumbido no ouvido. A fisioterapia pode ajudar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo